• Administração

10 Museus Brasileiros Online

Em meio a um período de restrições e isolamento, não é apenas o aspecto social que fica submetido ao distanciamento. O hábito de visitar museus e exposições também teve de ser interrompido na vida dos brasileiros e, apesar da experiência física frente às obras sempre representar uma oportunidade inesgotável de sentimentos e sensações, a possibilidade de conhecer mostras e edifícios de museus online representa uma forma de manter preenchido este espaço no cotidiano de todos.

MAM Bahia - Samory Santos


A seguir trazemos seleção de 10 museus brasileiros disponíveis online para explorar as diversas possibilidades que os recursos digitais representam ao acesso à cultura e a arte no país nos mais diferentes tipos de mostra.


1. Pinacoteca, São Paulo/SP

Um dos principais museus de São Paulo, a Pinacoteca do Estado já disponibilizou não só seu acervo, mas o próprio espaço do museu digitalizados há alguns anos em sua visita virtual, atualmente a Pinacoteca tem promovido a conexão com seu público por meio da hashtag #pinadecasa, com conteúdos digitais todos os dias a respeito de sua coleção permanente e exposições.


2. Museu Oscar Niemeyer, Curitiba/PR

Os museus de arquitetura também participam do movimento de levar o público virtual a uma experiência de aproximação com seus acervos. Um exemplo notável é o Museu Oscar Niemeyer - MON, projetado pelo mais reconhecido nome da arquitetura brasileira, em Curitiba, no Paraná. Possui cerca de sete mil obras em seu acervo, além do percurso pelo edifício que estão disponíveis na visita digital. Nela é possível, ainda, relembrar algumas exposições temporárias que já passaram pelo museu.


3. Museu Nacional do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro/RJ

O caso do Museu Nacional do Rio de Janeiro é um exemplo de que a internet pode servir à memória de forma sensível e até mesmo nostálgica. Em uma ação promovida pela instituição em conjunto com o Google Arts & Culture, é possível visitar virtualmente o espaço do museu da forma como estava antes do incêndio que devastou o edifício e seu acervo em 2018. Com imagens feitas em 2016, a plataforma disponibiliza um tour guiado pelo ambiente e relembra coleções a partir de uma aproximação em algumas obras.


4. Casa Guignard, Ouro Preto/MG

A plataforma Era Virtual é dedicada a reunir visitas online disponíveis em diversos tipos de museu no Brasil. Nela, é possível encontrar uma série de visitas a museus-casa, um tipo específico de espaço, geralmente ligado à vida e obra de artistas que viveram no país. Um dos tours disponíveis é à casa em Ouro Preto que recebeu o acervo do artista carioca que viveu em Minas Gerais, Alberto da Veiga Guignard. O percurso digital pelo espaço, além de transitar pelo ambiente da casa, também possibilita ver o chafariz em pedra sabão no jardim, de autoria atribuída pelo IPHAN a Aleijadinho, e um breve passeio pela Rua Direita na cidade. No Era Virtual, é possível visitar outros museus-casa, como a Casa de Cora Coralina na cidade de Goiás e a Casa de Guimarães Rosa em Cordisburgo, Minas Gerais.


5. Museu Casa Portinari, Brodowski/SP

Outro museu deste universo que disponibiliza uma visita virtual para seu público é o Museu Casa Portinari, que apresenta, no edifício que foi a residência do artista em Brodowski, São Paulo, um acervo ligado à vida e à obra do pintor, que vai desde objetos pessoais, até pinturas murais em afresco.


6. Museu da República no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro /RJ

Inaugurado em 1960, no momento da transferência da capital do país para Brasília, o Museu da República no Rio de Janeiro conserva os elementos materiais e imateriais que constituem a história do período republicano do Brasil. Além da possibilidade de conhecer seu acervo, um grande ponto de interesse na visita online ao museu é a oportunidade de se aproximar de seu edifício, o antigo Palácio do Catete, que por 63 anos foi sede do poder executivo do país.


7. Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, São Paulo/SP

Principal museu de São Paulo, o MASP com projeto da arquiteta Lina Bo Bardi marca o coração da Avenida Paulista. Entre as obras do museu, destacam-se nomes nacionais como: Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Anita Malfatti e Almeida Junior. A arte internacional é representada por: Rafael, Mantegna, Botticceli, Delacroix, Renoir, Manet, Monet, Degas, Cèzanne, Picasso, Modigliani, Toulouse-Lautrec, Van Gogh, Matisse e Chagall, entre outros. Virtualmente você poderá conhecer o acervo do museu, acessar galerias e detalhes das peças em exposição. O passeio pelos corredores e pelo acervo digital com mais de mil itens pode ser feito pelo Google Arts & Culture. 


8. Museu Afro Brasil, São Paulo/SP

O Acervo do Museu Afro Brasil conserva mais de 5 mil obras que englobam diferentes áreas de múltiplos universos culturais africanos, indígenas e afro-brasileiro. Dividido por meio de Núcleos temáticos, o acervo procura abranger aspectos da arte, da religião afro-brasileira, do catolicismo popular, do trabalho, da escravidão, das festas populares, registrando assim, a trajetória histórica, artística e as importantes influências africanas na construção da sociedade brasileira. É possível acessar parte deste enorme acervo digital no site oficial do museu.


9. Instituto Inhotim, Brumadinho/MG

O Instituto Inhotim, localizado em Brumadinho possui uma área de 140 hectares de visitação composta por floresta e jardim botânico com uma coleção de arte internacionalmente reconhecida. Além das galerias dedicadas a exposições individuais de artistas e das obras externas permanentes, as galerias Fonte, Lago, Mata, Praça e Galpão recebem exposições temporárias de obras que integram a coleção de arte contemporânea que, atualmente, conta com mais de 700 trabalhos de cerca 200 artistas de diferentes países do mundo e você pode conferir pelo Google Arts & Culture.


10. Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador/BA

O MAM da Bahia pode ser acessado virtualmente em um tour 360º onde é possível ver em detalhes as exposições “Salvador, do Povo, de Lina e de Todos os Santos” e “Cores, Amores, Recantos...Bahia”, que estão em cartaz na Capela e no Casarão, respectivamente. Ambas mostram a diversidade e riqueza cultural da Bahia, em um conjunto de 80 obras assinadas por 28 fotógrafos e de dois artistas plásticos. O tour virtual dá acesso também à arquitetura dos prédios projetados por Lina Bo Bardi, à área externa do museu e a um dos programas e cartões postais mais disputados de Salvador: o pôr do sol no Solar do Unhão.


Adaptado de Julia Brant - Arch Daily; Monique Renne - Melhores Destinos; Jornal Correio | Maio 2020

_______________________________________________________


#sinapespaiap #sinapesp #arteonline #vaoaomuseu #museuonline #fiqueseguro


0 visualização